rampa.jpg

Rampas

Aqui vou descrever as rampar nais quais já voei, por isso te darei uma visão completa da qualidade de voo, dificuldade, e demais características.

No Rio de Janeiro
Pedra Bonita: Situada na zona sul do Rio de Janeiro, no bairro de São Conrado, a rampa fica no Parque Nacional da Floresta da Tijuca, com 520 metros de altura e altitude, já que fica ao nível do mar. O voo é possível com ventos de nordeste a sudoeste, mas o voo clássico ocorre com vento sul e sudeste, normalmente após uma frente fria. O principal objetivo é decolar ir ao Cristo e voltar pousando na praia do Pepino, é um voo curto de 8 km pra ir e 8 pra voltar, porém é bastante técnico pois as condições normalmente não são muito forte. Neste rampa que a JPVOO realiza os voo duplo de instrução, pois as condições são boas que proporcionam voos faceis para o aluno em sua primeira aula.
Parque São Vicente: Situada em Petrópolis é a melhor rampa da região, com 800 metros de altura, dirproada para Sudoeste, oeste porém com possibilidade de voos no quadrante norte, pois podemos decolar dentro dais termais. De acordo com a direção do vento teremos uma direção para o voo. Com o vento oeste ou sudoeste o voo é na direção de Cachoeira de Macacu, já com vento Norte os voos vão pra direção de Nova Iguaçu, São Conrado, Itacuruça. Normalmente o voo em Petro é clássico, é um lugar onde se aprende a voar o cross country.
Pico da Coragem: É uma rampa situada em Japeri que tem as condições bem parecida com São Conrado, porém situada mais para o interior, é o primeiro passo para começar a voar fora do ambiente de praia. O vento que gosto de voar em Japeri é o leste, já realizei voos de cross country, decolando em Japeri e pousando em Itacuruça, Nova Iguaçu, Coroa Grande, o ponto forte do lugar é a abundancia de pouso.
Serra do Vulcão: O melhor pico do estado do Rio de Janeiro, é neste pico que tem o recorde do estado, com o piloto pousando no estado de São Paulo. A decolagem é aproada para o quadrante norte, mas como costumamos dizer, basta o sol esquentar que rola decolagem no pico com 850 metros de altura. Um voo muito cobiçado por quem vai lá é o cross para São Conrado, que na realidade é um voo fácil de tres térmicas, ou seja sai de Nova Iguaçu onde o pico é localizado, para outro pico a Pedra Bonita.

Campus: Voar em Campus é certeza de vitória, embora a decolagem seja baixa, cerca de 300 metros, a cordilheira e amigavel para ficar no lift esperando a termal forte para realizar voos de normalmente 100 km.
Porciúncula: Já foi um dos melhores picos do Brasil, porém com o crescimento demográfico, os pousos são restritos para o cross e a dificuldade de resgate é grande, lembro que fiz um voo de 70 km e meu resgate local demorou 5 horas para me encontrar.
Sampaio Correia: Localizada na região do lagos do estado do Rio de Janeiro, vários pilotos já realizaram bons voos neste local, eu particularmente não gosto, pois existe cadeado no portão e é necessário encontrar dono do cadeado, e no voo livre isso não combina, já fui ao Pico com o céu todo formado e não pude voar pois o dono da chave não estava.

Em Minas Gerais

Itamontes: Pico localizado dentro do Hotel Casa Alpina em Itamontes, para voar em Itamontes é necessário dominar o pouso de chapada, ou seja pousar em morros, na verdade aprendi a pousar e chapada em Itamontes por pura necessidade, o pouso flat é muito difícel de encontrar em Itamontes, o local é muito bom para a prática do cross country, neste pico no mês de junho ocorre o desafio Rio x São Paulo de voo livre.

Cambuquira: Pico com 350 metros de altura, com possibilidade cross country enorme, cidade boa para levar a família pois tem parques de aguas mineiras e ainda é perto de São Tomé da Letras.

Carmo do Rio Claro: É por mim considerado o melhor local de voo do Brasil, o pico fica dentro da cidade, e em 5 minutos voce chega ao topo da montanha, que tem uma curva difícel, portanto se puder ir com um carro 4×4 sua vida ficará facilitada. A abundancia de pouso deixa o voo tranquilo, térmicas lisas e fortes. A região é formada por vários lagos, imagine voar e pousar na beira de um lago com um bar vendendo peixe frito, assim é voar em Carmo do Rio Claro, um luxo.

Governador Valadares: Depois de São Conrado é o pico mais famoso do Brasil, vem gente do mundo todo voar neste pico, onde tem uma Santa no topo do morro e é um indicador do rotor do vento, se tiver merrecando é só jogar no rotor da Santa, aguentar a turbulencia e voltar pro voo. Neste local já foi disputado um campeonato mundiale diversos Brasileiros, porém por problemas políticos o pico esta esquecido para competições da ABVL.

Andradas: Um luxo, a rampa mas bem organizada do Brasil, tudo gramadinho, estrutura de banheiro, bar,loja e o voo é muito bom, com possibilidade de cross country para várias rotas.

USA: Voei na Florida mais precisamente no parque Quest, lá o voo nao é de rampa e sim rebocado por aviões, tampei voei na California, na Califa o voo é de rampa.